Deus quer tirar o nosso “pano de saco”, ele quer nos dar “roupas novas”. Da mesma forma que o pai deu ao filho pródigo novas vestes quando este voltara para casa após seu tempo de escassez e miséria, ele quer colocar um anel em nosso dedo. De fato cada um temos escolhas a fazer, mas saiba que Ele considera o nosso desejo de voltar para casa.

Ele é aquele que tira o coração de pedra e nos dá um coração sensível, um coração macio diante de sua voz porque Ele nos atraí com amor. Quando Ele sensibiliza nosso coração nós não podemos mais resistir e o que nos resta é nos rendermos a esse amor melódico e doce. Quando nos rendemos e deixamos que esse amor nos aproxime d’Ele, experimentamos tanta ternura e alegria. Ficamos com muitos sorrisos e andamos como quem sonha.

O Salmista declara:

“Tu me farás ver os caminhos da vida; na tua presença há plenitude de alegria, na tua destra, delícias perpetuamente.” – Salmos 16.11

Como temos experimentado dessa alegria em nosso dia a dia? Será que temos conseguido enxergar e trilhar esse caminho de vida que nos leva ao contentamento e prazer?

Tem tantas vozes gritando ao nosso redor e dizendo que a vida é sim só sofrimento. É verdade que não podemos negar as lutas e guerras que travamos em tantos momentos. Mas, Deus quer nos encorajar a vivermos na plenitude de vida que Ele tem para nós. Jesus é o Caminho que nos leva ao Pai e andar com Ele nos dará muito prazer.

Temos prazer quando nossa identidade está firmada naquele que nos criou para si. Deus formou o nosso interior e nos teceu no seio de nossa mãe. Por modo assombrosamente maravilhoso Ele nos formou e todas as obras de Deus são de fato admiráveis.

Pois tu formaste o meu interior, tu me teceste no seio de minha mãe. Graças te dou, visto que por modo assombrosamente maravilhoso me formaste; as tuas obras são admiráveis, a minha alma o sabe muito bem”. – Salmos 139.14-15

Você já parou para imaginar o dia em que Ele começou a te desenhar e a pensar em cada detalhe sobre você? Um artista diante de sua obra prima, sua criação que Ele ama. Quando a nossa “alma o sabe muito bem” que as obras de Deus são admiráveis e que nós nos incluímos nessa obra maravilhosa, isso transforma a nossa mente e a forma como nos relacionamos com o nosso chamado, com nosso “destino” n’Ele e isso só pode gerar alegria e contentamento em nós. E mais que uma obra prima, Ele tem te chamado filho.

++ A busca pela aprovação de Deus. Leia Mais!

Nayla Cintra

Nascida em Mato Grosso, Nayla é missionária em tempo integral desde 2011, tendo já servido durante 4 anos na JOCUM (Jovens Com Uma Missão) e quase 2 anos como missionária intercessora no FHOP (Florianópolis House of Prayer). Atualmente dedica uma parte do seu tempo para ensinar artes para crianças em uma ONG em Florianópolis e outra parte do tempo para trabalhar com justiça social, com foco em tráfico humano. Nayla carrega um coração para pessoas em situação de vulnerabilidade social, ama o mundo artístico e criativo, é apaixonada por missões, mas tem como maior desejo ver o nome de Jesus sendo conhecido entre todos os povos e tribos da Terra.

Deus quer tirar o nosso “pano de saco”, ele quer nos dar “roupas novas”. Da mesma forma que o pai deu ao filho pródigo novas vestes quando este voltara para casa após seu tempo de escassez e miséria, ele quer colocar um anel em nosso dedo. Sim, de fato cada um temos escolhas a fazer, mas saiba que Ele considera o nosso desejo de voltar para casa.

Ele é aquele que tira o coração de pedra e nos dá um coração sensível, um coração macio diante de sua voz porque Ele nos atraí com amor. Quando Ele sensibiliza nosso coração nós não podemos mais resistir e o que nos resta é nos rendermos a esse amor melódico e doce. Quando nos rendemos e deixamos que esse amor nos aproxime d’Ele, experimentamos tanta ternura e alegria que ficamos com muitos sorrisos e andamos como quem sonha.

O Salmista declara:

“Tu me farás ver os caminhos da vida; na tua presença há plenitude de alegria, na tua destra, delícias perpetuamente.” – Salmos 16.11

Como temos experimentado dessa alegria em nosso dia a dia? Será que temos conseguido enxergar e trilhar esse caminho de vida que nos leva ao contentamento e prazer?

Tem tantas vozes gritando ao nosso redor e dizendo que a vida é sim só sofrimento. É verdade que não podemos negar as lutas e guerras que travamos em tantos momentos. Mas Deus quer nos encorajar a vivermos na plenitude de vida que Ele tem para nós. Jesus é o Caminho que nos leva ao Pai e andar com Ele nos dará muito prazer.

Temos prazer quando nossa identidade está firmada naquele que nos criou para si. Deus formou o nosso interior e nos teceu no seio de nossa mãe. Por modo assombrosamente maravilhoso Ele nos formou e todas as obras de Deus são de fato admiráveis.

Pois tu formaste o meu interior, tu me teceste no seio de minha mãe. Graças te dou, visto que por modo assombrosamente maravilhoso me formaste; as tuas obras são admiráveis, a minha alma o sabe muito bem”. Salmos 139.14-15

Você já parou para imaginar o dia em que Ele começou a te desenhar e a pensar em cada detalhe sobre você? Um artista diante de sua obra prima, sua criação que Ele ama. Quando a nossa “alma o sabe muito bem que as obras” de Deus são admiráveis e que nós nos incluímos nessa obra maravilhosa, isso transforma a nossa mente e a forma como nos relacionamos com o nosso chamado, com nosso “destino” n’Ele e isso só pode gerar alegria e contentamento em nós. E mais que uma obra prima, Ele tem te chamado filho.

++ Busca pela aprovação de Deus

Daniela Teles

Dani, originalmente de São Paulo, é missionária intercessora em tempo integral na Florianópolis House of Prayer. Uma mulher que busca o coração de Deus e que tem o desejo de ver uma geração inteiramente comprometida com Jesus, andando no poder do Espírito e em paixão pela Bíblia.

Deixe uma resposta

Fechar