Desejo que hoje não seja apenas mais um dia em que nos sintamos enfadados. Espero que hoje seja um dia de esperança. Sei que a frase é redundante e apenas pode parecer mais uma frase de efeito. Mas, não é esse o meu intuito ao falar sobre esperança. Não é apenas positivismos ou algo do tipo. Esperança não é algo que possamos simplesmente simular existir em nós, mas é forjada pelo próprio Deus que tem nos chamado a viver uma vida plena de sua presença.

Quando experimentamos o gozo da salvação e o toque do Espírito habitando em nós, o nosso interior vai sendo transformado de glória em glória e retomamos sonhos um dia esquecidos. O escritor de Eclesiastes nos desafia a olharmos nossa juventude com bom ânimo, mas também com consciência de que todas as nossas escolhas são feitas diante do Senhor. Isto é, bom ânimo e responsabilidade

“Jovem, alegra-te na tua mocidade! Sê feliz o teu coração nos dias da tua juventude. Segue os caminhos que o teu coração indicar e todo os desejos dos teus olhos; saibas, contudo, que tudo quanto fizeres passará pelo julgamento de Deus. Sendo assim, afasta do teu coração o desgosto e a ansiedade, e pare de fazer seu corpo sofrer, pois a juventude e o vigor da mocidade passam rápido.” Eclesiastes 11.9-10 (King James)

A vida às vezes pode se tornar amarga, nos sentimos sozinhos e sem força para lutar as nossas batalhas. Mas Deus é Aquele que nos ensina a verdadeira sabedoria. Ele em sua bondade desvenda os nossos olhos a fim de nos mostrar quem Ele É. Ele é o grande Eu Sou, que nos chama pelo nome e nos convida a desvendarmos os mistérios de sua infinita grandeza. Se isso não nos fizer ter dia de esperança, então o que nos fará? Só n’Ele obteremos a verdadeira sabedoria, porque ela está estabelecida no filho de Deus, que nos amou e continua a nos amar.  Com Jesus aprendemos a contar os nosso dias e alcançamos um coração verdadeiramente sábio

“Sendo assim, ensina-nos, pois, a contar nossos dias, a fim de que possamos alcançar um coração verdadeiramente sábio!” Salmos 90.12 (King James)

Já sabemos que o temor do Senhor é o princípio do saber, e que todas que praticam esse temor revelam prudência (Sl 11.10). Precisamos praticar o temor do Senhor. Andar em seus caminhos e como diz a sua Palavra. Por exemplo, no Brasil, falamos tanto contra a corrupção, mas como agimos quando “ninguém” está olhando? Nosso caráter é verdadeiramente revelado quando agimos sem que nos vejam.

Agora que caminhamos para o fim deste devocional, quero lançar sementes de bom ânimo. Só obteremos verdadeira sabedoria quando nos “assentarmos” diariamente aos pés de Jesus, meditando dia e noite no que diz as escrituras. Precisamos de sua palavra em nossa mente e fogo ardendo em nosso coração, fogo que vem do Espírito Santo que habita em nós e que torna suas palavras verdades, e vida. E esse é um processo diário que acrescentará a cada manhã dia de esperança. 

Sim, eu sei bem o quanto a vida pode se tornar corrida e tudo um tanto automático. Mas precisamos compreender que é possível viver plenamente diante da face de Deus e com ele seremos crescidos e maduros em nossa fé.

“Sacia-nos, desde o romper da aurora, com teu amor infinito, e exultaremos de alegria, todos os nossos dias. Alegra-nos na proporção dos dias em que nos puniste, pelos anos em que passamos pelo grande sofrimento. Que as tuas realizações se manifestem aos seus servos, e a teus filhos, a tua maravilha. Que a graça do Senhor, nosso Deus, pouse sobre nós; faze prosperar as obras das nossas mãos; sim, confirma a obra das nossas mãos. Salmos 90.14-17 (king James)

Não me delongarei mais, mas quero que o trecho deste Salmo seja nossa oração. Que Ele possa nos saciar desde madrugada até noite adentro. E se um dia sofremos por qualquer situação, Ele poderá nos alegrar na mesma proporção de nossas histórias tristes. Que possamos perceber o seu agir em nossas vidas e ao nosso redor, e meu trecho preferido…

“Que a graça do Senhor, nosso Deus, pouse sobre nós; faze prosperar as obras das nossas mãos; sim, confirma a obra das nossas mãos”. Salmos 90.14-17 (King James)

Amém! Que assim, possamos contemplar um lindo dia de esperança cheio do amor e da bondade do Senhor. 

 

Nayla Cintra

Nascida em Mato Grosso, Nayla é missionária em tempo integral desde 2011, tendo já servido durante 4 anos na JOCUM (Jovens Com Uma Missão) e quase 2 anos como missionária intercessora no FHOP (Florianópolis House of Prayer). Atualmente dedica uma parte do seu tempo para ensinar artes para crianças em uma ONG em Florianópolis e outra parte do tempo para trabalhar com justiça social, com foco em tráfico humano. Nayla carrega um coração para pessoas em situação de vulnerabilidade social, ama o mundo artístico e criativo, é apaixonada por missões, mas tem como maior desejo ver o nome de Jesus sendo conhecido entre todos os povos e tribos da Terra.
Fechar