FHOP

Assumindo um novo ponto de vista

Relacionamento

 

A maneira que encaramos as situações vão definir o que vamos aprender delas. Às vezes é só uma questão de ponto de vista. As situações cotidianas, por exemplo, são ferramentas perfeitas para nos ajudar a amadurecer em amor, bondade, paciência e piedade.

Melhor do que nos posicionarmos como vítimas das situações ou acharmos que estamos sempre com a razão, é respondermos ao convite de Jesus de viver com um coração livre de auto defesa. Portanto, quando alguém for rude com você, aproveite para colocar em prática o estilo de vida de Jesus e frutos do espírito ao invés de devolver a afronta na mesma moeda.

Nossas situações cotidianas podem nos ensinar tanto sobre Jesus. Além disso, devemos ter a consciência de que o próprio Deus permite que essas situações aconteçam. E Ele permanece com seus olhos na postura e inclinação do nosso coração.

Salomão, em Eclesiastes 7:29 diz o seguinte: “Tudo o que aprendi se resume nisto: Deus nos fez simples e direitos, mas nós complicamos tudo.”

Existem situações que são extremamente simples, mas complicamos porque não sabemos aprender a enxergar nela uma oportunidade de amadurecimento. Além disso, são essas circunstâncias que nos treinam para enfrentar dias mais difíceis.

Enquanto aguardamos a justiça de Deus sobre nós (ao sofrermos injustiças), experimentamos crescimento e avivamento interior. Embora exteriormente pareça que estamos sendo “passados para trás”, dentro de nós somos renovados dia após dia e, no secreto, Deus contempla nosso coração obediente. Devemos crer que aquele que vê todas as coisas julgará com justiça, da sua maneira e em seu tempo.

Escrito por Daniela Teles

Dani, originalmente de São Paulo, é missionária intercessora em tempo integral na Florianópolis House of Prayer. Uma mulher que busca o coração de Deus e que tem o desejo de ver uma geração inteiramente comprometida com Jesus, andando no poder do Espírito e em paixão pela Bíblia.

Comentários

comentários

Pin It

» Relacionamento » Assumindo um novo ponto de...
Em 21 de março de 2016
, , ,

Commentários desabilitados.

« »