O lugar de oração é a posição do coração com relação a Deus e é quando você entende que é para Ele, é por Ele. A palavra diz que Jesus ia para lugares distantes para falar com Deus. Ele se retirava da multidão para orar e os próprios discípulos pediram para ensiná-los a orar.

Quando iniciamos uma jornada de oração, logo aprendemos que Deus ama a constância, embora Ele saiba que somos pessoas, seres inconstantes, seres em que o tempo todo pensam em desistir. Mas mesmo assim Ele não desiste e ama toda e qualquer constância que existe nas intenções dos corações. 

É mais simples que se imagina

A jornada de oração não é algo super espiritual, super religioso, mas é bem prático, é o falar com Jesus, é o conversar com Ele. 

Paulo fala sobre orar sem cessar e isso pode ser uma realidade. Você pode agora mesmo fechar os olhos, ou mesmo mantê-los abertos, e orar ao Senhor em alta voz ou em pensamento. Você pode clamar por esperança, clamar por fortalecimento do homem interior, por fortalecimento. 

Saiba que quanto mais tempo você fica no secreto, orando, tendo tempo com o Senhor, mais reflete a glória de Deus. Jesus pregava isso para as multidões, então uma vida íntima é a chave da nossa geração para se parecer cada vez mais com Ele.

A videira verdadeira

Eu sou a videira; vocês são os ramos. Se alguém permanecer em mim e eu nele, esse dá muito fruto; pois sem mim vocês não podem fazer coisa alguma.

Tais ramos são apanhados, lançados ao fogo e queimados.
Se vocês permanecerem em mim, e as minhas palavras permanecerem em vocês, pedirão o que quiserem, e lhes será concedido.
Meu Pai é glorificado pelo fato de vocês darem muito fruto; e assim serão meus discípulos.
“Como o Pai me amou, assim eu os amei; permaneçam no meu amor. Se vocês obedecerem aos meus mandamentos, permanecerão no meu amor, assim como tenho obedecido aos mandamentos de meu Pai e em seu amor permaneço.
Tenho lhes dito estas palavras para que a minha alegria esteja em vocês e a alegria de vocês seja completa.
O meu mandamento é este: amem-se uns aos outros como eu os amei. João 15:5.7-12

Jesus é a videira

Podemos olhar grandes avivamentos e grandes momentos em que Deus tocou a Terra, mas não é preciso correr atrás disso, ou achar que Jesus só está ali. A verdade é que o Senhor tem levantado uma geração que não tem face e que aponta para Cristo e Ele faz um chamado para que essa geração o busque no lugar secreto, no lugar de intimidade com Deus, onde não se quer grandes palcos, onde não se quer ser famoso, mas o que importa é que Ele cresça. 

Ele é a videira e nós somos o ramos e vez após vez nós vamos ver Jesus falando para permanecermos nEle para darmos frutos. Permanecer nEle é manter uma conversa acontecendo o tempo todo, isso significa que a vida de oração não tem haver com um lugar, mas na verdade é sobre uma conversa entre você e Deus,e que nunca terá fim. Não tem haver com estar em um país específico, estar em uma sala de oração específica, estar em uma igreja específica, mas sim com o estado do coração de vez após vez, estar retornando para Ele e fazer com que essa conversa não termine e se torne um lugar de oração. 

 

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta