Há um prazer sem medidas quando descobrirmos o sentido de sermos filhos de Deus. Muito tem se falado sobre este assunto: “como nos tornamos filhos”. Essa filiação pode ser bem diferente da que conhecemos aqui na terra. Pois Deus é um pai perfeito. Enquanto, por melhor que tenham sido nossos pais, eles certamente falharam em alguns momentos.

Antes de mais nada, um filho deve experimentar aceitação, proteção e aconchego. A voz do pai guia e transmite segurança. Sem dúvida, os pais são a referência não apenas por aquilo que falam, mas principalmente pela forma com que vivem. E nesse ambiente familiar aprendemos o que é amor. E o Senhor reconstrói pontes quebradas. 

Assim, todos quanto receberam a Cristo como único e suficiente salvador, tem o poder de serem feitos filhos de Deus. O Senhor é tão graciosos para com as nossas vidas, não é mesmo? Ele nos chama para perto do seu amor e desvenda os nossos olhos para sua graça inefável. Que isso possa nos encher de vigor para caminharmos com incrível leveza diante de quem Ele É. Somos seus filhos.

“Mas, a todos quanto o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus;” João 1.12a

Enfim, o que eu e você precisamos experimentar como filhos de Deus? Que aspectos do caráter de Deus precisam nos tocar? Confesso que, muitas vezes, me sinto cansada diante das confusões da vida. Mas há tanta leveza quando sabemos como nos abrigar em Deus e vivenciar sua paternidade de forma real.

A fidelidade do Senhor

“Ele o livrará do laço do caçador e do veneno mortal. Ele o cobrirá com as suas penas,

e sob as suas asas você encontrará refúgio; a fidelidade dele será o seu escudo protetor. Você não temerá o pavor da noite nem a flecha que voa de dia, nem a peste que se move sorrateira nas trevas, nem a praga que devasta ao meio-dia.” Salmos 91:3-6

Definitivamente, não sei que tipo de problema você possa estar enfrentando ou se sua vida tem sido como um mar de rosas. Quem sabe você é do tipo que sempre tenta ser forte. E nunca deixa que os problemas te abaterem. Ou, quem sabe, está um pouco cansado de tentar ser forte o tempo todo. Quero que possamos olhar para a Palavra de Deus. E que saibamos que Ele nos livrará do laço do passarinheiro. A Sua fidelidade será o nosso escudo diante dos dissabores.

Provando a fidelidade de Deus de forma pessoal

Já compartilhei aqui no Blog da fhop que meu pai tem miocardiopatia e sua vida é um verdadeiro milagre. Parte do seu coração está necrosado. A minha herança de fé vem dos meus pais e de como eles sempre foram generosos, principalmente com os excluídos. Dessa forma, posso contar milhares de histórias sobre o testemunho de vida deles e como eles amam o Senhor.

Por exemplo, eles tem 30 anos de ministérios e nessa temporada tenho me preocupado muito com algumas circunstâncias. Este é um tempo que preciso experimentar fidelidade de Deus sobre a vida da minha família. Por mais que pareça que estou paralisada, sem poder fazer muita coisa. Sei que posso me abrigar na Fidelidade do meu Pai Celestial. O Senhor pode nos socorrer.

“Contemplai-o e sereis iluminados, e o vosso rosto jamais sofrerá vexame.” Salmos 34.4

De forma pessoal, como você identifica a fidelidade do Senhor nos dias de hoje? Como ela se apresenta prática no seu dia a dia? Em que áreas você precisa experimentar desse escudo protetor? Derramemos o nosso coração diante de nosso Pai. Não estamos sós. Não precisamos nos sentir sós ou abandonados. Não somos órfãos. Somos seus filhos.

Orando com confiança

“Ouve, Senhor, a minha oração, dá ouvidos à minha súplica; responde-me por tua fidelidade e por tua justiça.” Salmos 143:1

Da mesma forma que o salmista orou, este tem sido meu clamor nos últimos dias. Que o Paizinho nos conduza em Sua Fidelidade. Que Ele Se lembre de cada uma de suas promessas. Deus ama a justiça e Ele nos ama também. Nós podemos orar com confiança. Nossas orações não estão impedidas de chegar até o ouvido do Senhor. Lembra que Ele não é como o juiz iníquo? Mas, é um Bom Pai.

Pense um pouco: como Deus te vê? O que Ele pensa sobre você? Você acredita que Ele quer te atender? Ele quer demonstrar amor leal. Você está pronto para receber esse amor? Pois bem, tire um tempo com o Pai e lhe escreva uma carta. Cantai-Lhe canções e deixe que o amor que Ele lhe tem, inunde a sua alma.  

Sua alegria será nossa força

“Disse-lhes mais: Ide, comei as gorduras, e bebei as doçuras, e enviai porções aos que não têm nada preparado para si; porque este dia é consagrado ao nosso Senhor; portanto não vos entristeçais; porque a alegria do Senhor é a vossa força.” Neemias 8:10

Primeiramente, saiba que encontrar alegria no Senhor nunca é por falta de provações ou exclusão de sofrimento. Não. Também não é apenas positivismo ou coisa do tipo. Encontramos alegria através do Espírito Santo que está em nós. Nos fortalecendo e revelando o coração Paterno de Deus. Há uma chama que queima em nós e renova fé e força. Nos faz corajosos para conquistar a história que Deus já nos deu. Amo o Salmo 16.11. Talvez você já tenha percebido, pois ele sempre aparece em minha meditações aqui no Blog. E meu coração deseja que esse versículo seja real em nós.

“Tu me farás ver os caminhos da vida; na tua presença há plenitude de alegria, na tua destra, delícias perpetuamente.” Salmos 16.11

Enfim, conte-me como você tem experimentado a Paternidade de Deus e Sua Fidelidade? Até o próximo texto e que Deus nos abençoe.

 

Nayla Cintra

Nascida em Mato Grosso, Nayla é missionária em tempo integral desde 2011, tendo já servido durante 4 anos na JOCUM (Jovens Com Uma Missão) e quase 2 anos como missionária intercessora no FHOP (Florianópolis House of Prayer). Nayla carrega um coração para pessoas em situação de vulnerabilidade social, ama o mundo artístico e criativo, é apaixonada por missões, mas tem como maior desejo ver o nome de Jesus sendo conhecido entre todos os povos e tribos da Terra.

Deixe uma resposta

×
×

Carrinho

Fechar