Muitos de nós estamos em uma longa jornada esperando que as promessas do Senhor em nossas vidas, se tornem realidade. Temos impressões em nossos corações, grandes sonhos e o desejo de sermos profundos em nosso relacionamento com Cristo Jesus. Mas tudo quanto se relacionam as promessas, ainda parecem muito distante. Em meio a espera, podemos ficar exaustos. É preciso coragem e determinação para mantermos nossos corações em fé.

Lembro-me da história de Josué. E de como Deus o encorajou a manter-se firme diante dos desafios que teria que enfrentar para conquistar a terra prometida. Além disso, o Senhor o exortou a ter o cuidado de guardar a lei e não se desviar dela. Nem para a direita e nem para a esquerda.

“Tão somente sê forte e mui corajoso para teres o cuidado de fazer segundo toda a lei que o meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies nem para a direita nem para a esquerda, para que sejas bem-sucedido por onde quer que andares.” Josué 1.7

O cumprimento das promessas de Deus estão diretamente ligadas a obediência. Significa que é preciso guardar aos princípios estabelecidos por Deus em sua Palavra. E isso, não é nenhum tipo de legalismo, mas de vida para os que amam a Deus.

Então, a pergunta que não quer calar é: Quanto o nosso coração tem sido amoroso para com o Deus ao ponto de obedecermos a sua Palavra?

A história de Josué e a promessa da terra prometida

Você já leu o livro de Josué? Já imaginou todas as guerras que ele lutou e sua relação com Deus? Em como se tornou corajoso a medida em que obedeceu as ordenanças do Senhor? Quando lemos a Bíblia é muito importante usarmos a imaginação para nos conectarmos com a história.

Coragem não é algo que vem do nada, ela se torna real à medida que andamos com Deus e obedecemos aos seus mandamentos. Josué foi um homem corajoso porque experienciou em sua caminhada o que Deus pode fazer. Ele foi o sucessor de Moisés. Presenciou os milagres e atravessou o deserto servindo seu líder. E quando sua hora de liderar chegou, já havia muita sabedoria em seu coração. Também havia grande referência do que Deus tinha feito no deserto. Seu livro começa com uma promessa feita por Deus:

Todo lugar que pisar a planta do vosso pé, vo-lo tenho dado como eu prometi a Moisés.” Josué 1.3

Aquilo que Deus prometeu aos hebreus saídos do Egito, transpassou gerações. Não era apenas para Moisés, mas foi o legado de Josué. Além disso, Deus também disse a Josué:

 

“Ninguém te poderá resistir todos os dias de tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei, nem te desampararei.” Josué 1.5

Sê forte e corajoso

“Sê forte e corajoso, porque tu farás esse povo herdar a terra que, sob juramento, prometi dar a seus pais. (v-6) Tão somente sê forte e mui corajoso para teres o cuidado de fazer segundo toda a lei que o meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies nem para a direita nem para a esquerda, para que sejas bem-sucedido por onde quer que andares. (v-7) Não te mandei eu? Sê forte e corajoso; não temas nem te espantes, porque o Senhor teu Deus, é contigo por onde quer que andares. (V-9)” Josué 1.6,7,9

Se observarmos o primeiro capítulo de Josué, concluímos que por três vezes Deus manda que ele fosse: forte e corajoso. Deus sabia dos grandes desafios que o povo teria que enfrentar e a chave estava em permanecer n’Ele e se manter perseverante.

Em nossas vidas também não é diferente. Todos os dias há inúmeras provas de fé que temos que passar. Muitas vezes, nos sentimos fracos e desencorajados. Isso, sem falar na ansiedade que tenta roubar nosso coração de Deus e nossa paz.

Os desafios vão se tornando maiores à medida que caminhamos. Jesus nos avisou que neste mundo passaríamos por aflições, mas que mantivéssemos o bom ânimo. Pois Ele venceu o mundo.

Onde construímos nossa casa?

Onde temos construído nossa casa? Na rocha ou na areia? Quais têm sido nossos alicerces? Pois, certamente tempestade vai soprar. Se estivermos firmados na Palavra, teremos vida e esperança. Mas se nosso coração e alma oscilam, nossa força se esvai pelos dedos, como areia do mar.

Quando nosso coração se sentir duvidoso e as crises em nossa fé baterem na alma, devemos voltar nosso coração a Jesus e nos lembrar que, sem Ele, nada podemos fazer. Devemos nos lembrar do Salmo 1, que não andamos no conselho dos ímpios. Antes, o nosso prazer está na Lei do Senhor, e na sua lei meditamos dia e noite.

Assim, seremos como árvores plantadas junto a corrente das águas. Que no devido tempo dá o seu fruto e cujo a folhagem não murcha. E TUDO quanto ele faz será bem-sucedido.

A mesma palavra também está presente no texto Bíblico de Josué: “… para teres o cuidado de fazer segundo toda a lei que o meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies nem para a direita nem para a esquerda, para que sejas bem-sucedido por onde quer que andares.”

O padrão de sucesso do mundo é bem diferente do padrão de Deus. A presença de Jesus nos dá forças para caminharmos em fé independente de circunstâncias externas. Independente do quanto aparentemente demore suas promessas. Mas também é verdade que, quando obedecemos a Palavra Viva e suas diretrizes, benção estará sobre nós e será como um sinal para que os ímpios creiam em quem Deus É.

Conclusão

Começamos esse artigo sendo encorajados a sermos fortes e corajosos da mesma forma que Josué foi instigado a fazê-lo. Aprendemos que obediência a Palavra está diretamente ligado a sermos abençoados e bem sucedidos. E isso independente de circunstância externas. Há grande alegria em conhecermos ao Deus que nos salva e nos ensina a sermos corajosos. Mantenhamos nosso coração Nele.

Em que circunstâncias Deus tem te feito forte e corajoso? Lembre-se de suas promessas. Conte-nos como tem sido sua jornada de fé e como a Palavra tem sido firmada em seu homem interior? Vamos amar saber o que Deus tem feito em sua vida.

Nayla Cintra

Nascida em Mato Grosso, Nayla é missionária em tempo integral desde 2011, tendo já servido durante 4 anos na JOCUM (Jovens Com Uma Missão) e quase 2 anos como missionária intercessora no FHOP (Florianópolis House of Prayer). Nayla carrega um coração para pessoas em situação de vulnerabilidade social, ama o mundo artístico e criativo, é apaixonada por missões, mas tem como maior desejo ver o nome de Jesus sendo conhecido entre todos os povos e tribos da Terra.

Este post tem um comentário

  1. Muita confirmação este texto. Não é fácil permanecer diante das pressões do homem ímpio que deseja fazer tudo com seu braço, seus dedos. Permanecer na palavra dEle, permanecer nEle. E isso é exatamente uma das coisas que Deus tem me ensinado, ser forte independente do que eu esteja sentido, é difícil. Em meio ao deserto é difícil esperar.

Deixe uma resposta

×

Carrinho