A conquista da cruz

A Cruz nunca esteve relacionada a um fim somente, ela aponta  para a redenção.  Ela é vida, começo, esperança e, principalmente, um ato de amor.

Um amor tão grande ao ponto de entregar tudo a fim de que todos nós tivéssemos a chance de sermos perdoados e de receber a oportunidade de viver a eternidade ao lado do Criador

Hoje, quando celebramos a Páscoa, nós fazemos aquilo que Jesus nos disse para fazermos em memória Dele. 

“Pois recebi do Senhor o que também lhes entreguei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão e, tendo dado graças, partiu-o e disse: “Isto é o meu corpo, que é dado em favor de vocês; façam isto em memória de mim”. Da mesma forma, depois da ceia ele tomou o cálice e disse: “Este cálice é a nova aliança no meu sangue; façam isto, sempre que o beberem, em memória de mim”. 1 Coríntios 11: 23-25 

A incrível conquista feita na Cruz

Na cruz, Jesus conquistou o direito à vida para todos nós. Ele se tornou sacrifício em nosso lugar. Como nossa ótica  geralmente é muito limitada, não podemos mensurar o tamanho do preço pago e menos ainda o tamanho de tudo que foi conquistado. 

A cruz me constrange ao ponto de trazer lágrimas aos meus olhos pelo peso de um amor tão grande. 

Ele foi entregue à morte por nossos pecados e ressuscitado para nossa justificação. Romanos 4: 25

Jesus transformou a cruz na maior conquista possível.  Nosso Amado salvador se doou por nós e veio ao mundo com a missão clara de se entregar em nosso lugar.  

Jesus veio com uma missão e a cruz foi o meio pelo qual Ele conquistou tudo aquilo que estava aparentemente perdido pelo peso do pecado de todos nós. 

Jesus triunfou sobre a morte e o pecado, Ele nos livrou de termos como fim à morte eterna. 

Inegavelmente, nos deu o direito de sermos um com Pai, Cristo nos conquistou para Si. 

A cruz colocou as coisas no seu devido lugar, mesmo parecendo que o caos foi instalado durante a morte de Jesus. 

Aliás, o que houve na realidade foi o ajuste, o acerto das coisas e o direito à vida para toda a humanidade. 

Por isso, celebramos a Páscoa em memória de Jesus 

A Páscoa é uma celebração para aqueles que creem em Jesus e a conquista maravilhosa que aconteceu no Gólgota. 

Certamente houve uma conquista eterna através daquela cruz. Não é uma simples cruz, mas um símbolo de sacrifício,  amor imensurável e entrega. 

“Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que este fosse salvo por meio dele. Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado, por não crer no nome do Filho Unigênito de Deus. Este é o julgamento: a luz veio ao mundo, mas os homens amaram as trevas, e não a luz, porque as suas obras eram más. Quem pratica o mal odeia a luz e não se aproxima da luz, temendo que as suas obras sejam manifestas. Mas quem pratica a verdade vem para a luz, para que se veja claramente que as suas obras são realizadas por intermédio de Deus”. João 3: 16-21 

Afinal, até que Ele volte celebraremos a páscoa e a conquista da cruz, falaremos Dele e proclamaremos Seu Nome. 

Inegavelmente, um só corpo e uma igreja unida esperando o retorno Daquele que cumpriu com êxito sua missão. 

O Espírito e a noiva dizem: “Vem! ” E todo aquele que ouvir diga: “Vem! ” Quem tiver sede, venha; e quem quiser, beba de graça da água da vida. Apocalipse 22: 17 

 

Deus te abençoe

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe um comentário