Discipulado – talvez essa palavra seja entendida como algo doloroso para muitos, pois alguns tiveram uma experiência errada por um ensino distorcido a respeito disso. 

Quero propor hoje que paremos por um momento para deixar Deus falar conosco sobre o tema. 

O chamado é para que sejamos parecidos com Jesus, sendo seus discípulos e também levar outros a se tornarem discípulos de Cristo. 

O erro de muitos foi fazer discípulos para si e não levar homens e mulheres a se parecerem com Jesus. 

O texto abaixo mostra com clareza o que devemos fazer e como o fazer do jeito certo. 

Então, Jesus aproximou-se deles e disse: “Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra.

Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo,

ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos”. Mateus 28: 18-20 

Discípulos para Jesus

A ordem aqui é: vão e façam discípulos; ou algumas versões falam “Ide e fazei discípulos”, e isso não é para alguns somente, como pastores, missionários, mas isso é para todos nós como filhos de Deus. 

Cumprir o ide e durante a jornada fazer discípulos para Cristo. 

Discipular alguém e levar essa pessoa a se parecer com Cristo ao cumprir sua Palavra é o que fala no final do capítulo 28 do livro de Mateus. 

Ensinar pessoas a obedecer a tudo o que nos foi ordenado.

Discipulado nada mais é que um processo de ensinar alguém a se parecer com Jesus. 

Então, durante toda a vida, toda a  jornada nesta terra, nosso alvo é levar pessoas a conhecerem e a se parecerem com Jesus. Isso também é para você.

Pois somos viajantes rumo a um destino eterno, estamos juntos na jornada, e nosso papel é auxiliar o máximo de pessoas a viver Cristo e para Ele. 

 

O que aprendemos com João Batista a respeito de discipulado? 

João Batista veio ao mundo com uma missão: preparar o caminho para Aquele que viria e veio! 

Ele, João Batista  carregava uma mensagem que mudou e marcou sua própria história e a de todos nós. 

João Batista tinha seguidores e ele os ensinava. Entretanto, quando Jesus se revela, João Batista faz o que todos nós devemos fazer: 

Olhe para Cristo, Ele é aquele a quem você deve seguir.

Assim como João Batista, nós não estamos fazendo discípulos para nosso próprio reino ou prazer. 

Estamos ajudando homens e mulheres a conhecerem a amarem o único capaz de mudar suas vidas. 

Ao orar por alguém por cura ou salvação, não são as minhas palavras que irão causar mudanças, mas somente Àquele a quem sirvo pode fazer isso. 

João respondeu, e disse: O homem não pode receber coisa alguma, se não lhe for dada do céu.

Vós mesmos me sois testemunhas de que disse: Eu não sou o Cristo, mas sou enviado adiante dele.

Aquele que tem a esposa é o esposo; mas o amigo do esposo, que lhe assiste e o ouve, alegra-se muito com a voz do esposo. Assim, pois, já este meu gozo está cumprido.

É necessário que ele cresça e que eu diminua  João 3: 27-30 

 

Discipulado, um ato de amor.

Nisto todos conhecerão que vocês são meus discípulos: se tiverem amor uns aos outros. João 13:35

 

Finalizo este texto com uma pergunta: você tem feitos discípulos para Cristo? 

Deus te abençoe!

 

Dudi Aline

Dudi é apaixonada pelo mover profético e pelas nações. Ela acredita que, do lugar de oração, qualquer circunstâncias pode ser transformada. Dudi tem doado seus dias para que a realidade dos céus invada a terra e o sobrenatural se torne parte de cada um que está ao seu redor. Nascida no Rio Grande do Sul, Dudi foi missionária por mais de três anos na fhop - Florianópolis House of Prayer. Atualmente, ela vive em missão na Europa, lugar que o Senhor colocou em seu coração há mais de 10 anos.

Este post tem um comentário

  1. Mary

    Discipulado, um ato de amor.

    Nisto todos conhecerão que vocês são meus discípulos: se tiverem amor uns aos outros. João 13:35
    Perfeito, textos maravilhosos e inspiradores.

Deixe uma resposta