Discipulado saudável

Discipulado – talvez essa palavra seja entendida como algo doloroso para muitos, pois alguns tiveram uma experiência errada por um ensino distorcido a respeito disso. 

Quero propor hoje que paremos por um momento para deixar Deus falar conosco sobre o tema. 

O chamado é para que sejamos parecidos com Jesus, sendo seus discípulos e também levar outros a se tornarem discípulos de Cristo. 

O erro de muitos foi fazer discípulos para si e não levar homens e mulheres a se parecerem com Jesus. 

O texto abaixo mostra com clareza o que devemos fazer e como o fazer do jeito certo. 

Então, Jesus aproximou-se deles e disse: “Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra.

Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo,

ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos”. Mateus 28: 18-20 

Discípulos para Jesus

A ordem aqui é: vão e façam discípulos; ou algumas versões falam “Ide e fazei discípulos”, e isso não é para alguns somente, como pastores, missionários, mas isso é para todos nós como filhos de Deus. 

Cumprir o ide e durante a jornada fazer discípulos para Cristo. 

Discipular alguém e levar essa pessoa a se parecer com Cristo ao cumprir sua Palavra é o que fala no final do capítulo 28 do livro de Mateus. 

Ensinar pessoas a obedecer a tudo o que nos foi ordenado.

Discipulado nada mais é que um processo de ensinar alguém a se parecer com Jesus. 

Então, durante toda a vida, toda a  jornada nesta terra, nosso alvo é levar pessoas a conhecerem e a se parecerem com Jesus. Isso também é para você.

Pois somos viajantes rumo a um destino eterno, estamos juntos na jornada, e nosso papel é auxiliar o máximo de pessoas a viver Cristo e para Ele. 

 

O que aprendemos com João Batista a respeito de discipulado? 

João Batista veio ao mundo com uma missão: preparar o caminho para Aquele que viria e veio! 

Ele, João Batista  carregava uma mensagem que mudou e marcou sua própria história e a de todos nós. 

João Batista tinha seguidores e ele os ensinava. Entretanto, quando Jesus se revela, João Batista faz o que todos nós devemos fazer: 

Olhe para Cristo, Ele é aquele a quem você deve seguir.

Assim como João Batista, nós não estamos fazendo discípulos para nosso próprio reino ou prazer. 

Estamos ajudando homens e mulheres a conhecerem a amarem o único capaz de mudar suas vidas. 

Ao orar por alguém por cura ou salvação, não são as minhas palavras que irão causar mudanças, mas somente Àquele a quem sirvo pode fazer isso. 

João respondeu, e disse: O homem não pode receber coisa alguma, se não lhe for dada do céu.

Vós mesmos me sois testemunhas de que disse: Eu não sou o Cristo, mas sou enviado adiante dele.

Aquele que tem a esposa é o esposo; mas o amigo do esposo, que lhe assiste e o ouve, alegra-se muito com a voz do esposo. Assim, pois, já este meu gozo está cumprido.

É necessário que ele cresça e que eu diminua  João 3: 27-30 

 

Discipulado, um ato de amor.

Nisto todos conhecerão que vocês são meus discípulos: se tiverem amor uns aos outros. João 13:35

 

Finalizo este texto com uma pergunta: você tem feitos discípulos para Cristo? 

Deus te abençoe!

 

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Este post tem um comentário

  1. Mary

    Discipulado, um ato de amor.

    Nisto todos conhecerão que vocês são meus discípulos: se tiverem amor uns aos outros. João 13:35
    Perfeito, textos maravilhosos e inspiradores.

Deixe um comentário