Há uma canção que me recordo, pois marcou profundamente meu coração. Diz assim: “De todas as tribos, povos e raças, muitos virão te louvar. De tantas culturas, línguas e nações, no tempo e no espaço irão te adorar. Bendito seja sempre o Cordeiro, Filho de Deus, raiz de Davi, Bendito seja o seu Santo Nome, Cristo Jesus, presente aqui…” (Guilherme Kerr).

Sem dúvidas, a Bíblia nos ensina sobre essa realidade vindoura, de que todos os povos estarão diante do Senhor. Toda língua confessará quem é Jesus. Você já pensou como será esse grande dia? Em que tantas nações de culturas diferentes estarão diante do Senhor cantando canções que glorifiquem ao Cristo ressurreto? 

“Depois disso olhei, e diante de mim estava uma grande multidão que ninguém podia contar, de todas as nações, tribos, povos e línguas, de pé, diante do trono e do Cordeiro, com vestes brancas e segurando palmas. E clamavam em alta voz: “A salvação pertence ao nosso Deus, que se assenta no trono, e ao Cordeiro”. Apocalipse 7.9-10

“e eles cantavam um cântico novo: “Tu és digno de tomar o livro e de abrir seus selos, porque foste morto, e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda tribo, língua, povo e nação.” Apocalipses 5.9

Serão benditas todas as famílias da terra

Deus disse para Abrão deixar sua habitação e parentela. E que ele fosse para uma terra em que o próprio Senhor mostraria o caminho para tal lugar.  Além disso, afirmou ao patriarca que ele seria pai de uma grande nação, tão numerosa como as estrelas do céu e a areia do mar. E que em Abraão todas as famílias da terra seriam benditas.  

Então o Senhor disse a Abrão: “Saia da sua terra, do meio dos seus parentes e da casa de seu pai, e vá para a terra que eu lhe mostrarei. “Farei de você um grande povo, e o abençoarei. Tornarei famoso o seu nome, e você será uma bênção. Abençoarei os que o abençoarem, e amaldiçoarei os que o amaldiçoarem; e por meio de você todos os povos da terra serão abençoados”Gênesis 12:1-3

Certamente, Deus escolheu Israel como povo especial com um propósito eterno. E Ele restaurará os judeus. Porém, também é verdade que a intenção do coração do Pai sempre foi alcançar todas as nações. No Antigo e no Novo Testamento podemos observar o quanto o Senhor deseja alcançar judeus e gentios para que eles O adorem.  Lembre-se: Há uma canção que cantaremos:

 “Batei palmas, todos os povos; aclamai a Deus com voz de triunfo. Porque o Senhor Altíssimo é tremendo, e Rei grande sobre toda a terra.” Salmos 47.1-2

O grande dia 

No grande dia todas as nações reconhecerão o senhorio de Cristo e receberão a herança que foi gerada por meio do sacrifício sofrido na Cruz do Calvário. Em Isaías 53.11 há uma descrição que diz que após o sofrimento de Cristo, Ele contemplará o resultado de sua obra e ficará satisfeito. Pois, o Servo Justo, justificará a muitos e tomará sobre si as más obras dos seres humanos. Nós lhe cantaremos canções de amor e louvor.

Cristo em nós, a esperança da glória

A Bíblia nos afirma em I Coríntios 15.19 que: “se a nossa esperança em Cristo se restringe apenas a esta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens.” Sabemos que somos atribulados, passamos por tentações, sofremos, mas, Cristo em nós é a esperança da Glória. 

Não são apenas os cristãos que anseiam pela volta de Jesus, mas a própria natureza clama por restauração e pela manifestação dos filhos de Deus. E o que Paulo afirma na carta aos Romanos é que a vida que temos hoje não pode ser comparada com a glória do porvir. E o que fará essa nova vida valer a pena? Nosso corpo mortal será restaurado, mas, acima de tudo isso, contemplaremos a Jesus face a face.

“Estou absolutamente convencido de que os nossos sofrimentos do presente não podem ser comparados com a glória que em nós será revelada. A própria natureza criada aguarda, com vidio anseio, que os filhos de Deus sejam revelados.” Romanos 8.18-19

Há uma canção

Jesus nos ensinou a orar para que venha o reino de Deus. O Cordeiro Santo que está assentado ao lado do Pai é Digno de abrir o livro. Ele pagou um alto preço pelas nossas vidas e pelas nações.

Também fico imaginando o dia em que todos os povos se dobraram diante d’Ele e lhe cantarão canções de amor. E cantarão louvores por todos os Seus feitos. Fico imaginando cada rosto, cada cor de pele, cada um dos que estarão ali. Jovens, velhos e crianças. Fico imaginando as fisionomias, as danças e as melodias. Todos os povos e culturas diante do Deus que nos chamou em amor. Todas as obras de nossas mãos serão apresentadas diante do nosso Rei e Senhor.

“e eles cantavam um cântico novo: “Tu és digno de tomar o livro e de abrir seus selos, porque foste morto, e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda tribo, língua, povo e nação.” Apocalipses 5.9

Nações todas, louvai o SENHOR; povos todos, glorificai-o! Porquanto seu amor nos ultrapassa, e a fidelidade do SENHOR é para toda a eternidade. Aleluia! Salmos 117.1-2

Ora vem, Senhor Jesus

“E nunca mais haverá maldição. Nela estará o trono de Deus e do Cordeiro; e os servos do Senhor o servirão. Eles contemplarão a sua face, e o seu Nome estará sobre as frontes de seus servos. Assim, já não haverá noite, nem necessitarão eles da luz dos candelabros, nem da luz do sol, pois o Senhor Deus os iluminará, e eles reinarão para todo o sempre.” Apocalipse 22. 3-5

Este é o dia em que esperamos o retorno do Senhor para restaurar todas as coisas. Onde todos estaremos juntos para adorá-Lo. Onde seremos iluminados por sua glória e nem mesmo a necessidade do sol será sentida. Ali não haverá dor. A morte já não mais reinará. Em adoração, há canções que cantaremos.

Pois, que como família da fé e parte da semente de Abraão possamos preparar a volta do Amado. E tenhamos um coração disposto a obedecer ao “Ide por todos mundo e pregai o Evangelho”. Além disso, que nossas canções não sejam cantadas apenas no Grande Dia, mas que sejam cantadas hoje, até que Ele volte!

Nayla Cintra

Nascida em Mato Grosso, Nayla é missionária em tempo integral desde 2011, tendo já servido durante 4 anos na JOCUM (Jovens Com Uma Missão) e quase 2 anos como missionária intercessora no FHOP (Florianópolis House of Prayer). Nayla carrega um coração para pessoas em situação de vulnerabilidade social, ama o mundo artístico e criativo, é apaixonada por missões, mas tem como maior desejo ver o nome de Jesus sendo conhecido entre todos os povos e tribos da Terra.

Este post tem 2 comentários

  1. Amém! Deus te abençoe também!

  2. Top. Muitas bênçãos a vocês.

Deixe uma resposta

×

Carrinho