Jesus contou aos seus discípulos que iria partir. E disse que, quando isso ocorresse, eles não estariam sós. Então, o Senhor fez-lhes uma promessa amorosa, a que lhes daria o Consolador. Conhecemos a história descrita em João 16, e como Jesus já estava preparando os seus discípulos para tudo o que eles iriam sofrer. Veriam o Mestre ser pregado no madeiro. E, mesmo perseguidos, não ficariam órfãos.

“Mas eu vos digo a verdade: convém-vos que eu vá, porque, se eu não for, o Consolador não virá para vos outros; se porém, eu for, eu vo-lo enviarei.” João 16.7

Mas, quem é esse Consolador que nos fora dado? Qual é a sua obra? Qual é o seu papel em nossas vidas? O Espírito Santo de Deus faz parte da Trindade. Ele habita em nós e nos ajuda em nossas fraquezas. Ele nos ensina a orar, nos revela o Pai e o Filho, Jesus.

O Espírito Santo

Falar sobre o Espírito Santo e sua obra tem gerado certa confusão ao longo do tempo e até mesmo divisões. Já vimos que o Espírito deu dons aos homens para gerar unidade e para um fim proveitoso. Aprender sobre a Terceira Pessoa da Trindade é algo que precisamos nos empenhar em fazer. Pois Sua obra é linda e nós devemos conhecê-lo.

Muitas vezes podemos sentir medo de que, manifestações “espirituais” sejam apenas emoções. Podemos temer o engano, as heresias e os exageros. É verdade que, muitas vezes, o verdadeiro se mistura com o falso, assim como o joio cresce com o trigo. É preciso discernimento do Espírito e este é mais um dom que Ele liberou sobre o seu povo. Então, uma vez mais, precisamos apelar para o Consolador.

Primeiro, devemos entender que o Espírito Santo é uma pessoa. Sendo assim, Ele não é uma coisa ou uma força. Ele tem características, emoções, personalidade e intelecto. A Bíblia fala sobre sua obra e quem Ele É. E nós precisamos ser estudiosos de Sua Pessoa. Ele faz parte da Trindade e também É Deus. Será que temos apagado o Espírito ou temos tido um relacionamento de amor com Ele?

O Espírito tem voz

Quando falamos que Espírito tem voz, não significa que ela seja sempre audível ou mesmo humana. Sendo assim, Ele se manifesta como quer. O que queremos dizer com isso, é que o Espírito fala. E, nós podemos ouvi-lo ou nos fecharmos. Podemos resistir a Ele pela dureza do nosso coração. Por causa dos nossos pecados, podemos apagá-lo. Mas, não podemos fugir d’Ele. Não podemos nos esconder.

“Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas…” Apocalipses 2.7

“Para onde me ausentarei do teu Espírito? Para onde fugirei da tua face? Salmos 139.7

No entanto, agimos como se pudéssemos nos esconder.  Contato, se aprendermos o caminho da humildade e chegarmos diante do Senhor independente das circunstâncias da vida. E  até mesmo das tentações enfrentadas. Vamos experimentar graça incomparável. E isso, muda toda nossa história.

O Espírito dá direção

No livro de Atos, podemos observar o Espírito sendo derramado sobre os homens de forma sobrenatural. Os discípulos e muitos outros seguidores de Jesus estavam em Jerusalém “esperando”, até que do alto fossem revestidos. Se moviam em oração e jejum. Sinais e maravilhas foram vivenciados por eles. Como resultado, o Evangelho estava sendo pregado entre aqueles povos.

Nesse ponto, observamos o Espírito dando direção clara a respeito da liderança da Igreja, em como deveriam se mover. Após um período de jejum, Barnabé e Saulo foram separados para a obra que estavam sendo chamados. Então, os discípulos impuseram as mãos sobre eles e os enviaram para a obra “missionária”.

“E, servindo eles ao Senhor e jejuando, disse o Espírito Santo: Separai-me, agora, Barnabé e Saulo para a obra as que o tenho chamados. Então, jejuando, e orando, e impondo sobre eles as mãos, os despediram.” Atos 13.2

O Espírito é nosso ajudador

“Também o Espírito, semelhantemente, nos assiste em nossas fraquezas; porque não sabemos orar como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós sobremaneira, com gemidos inexprimíveis.” Romanos 8.26

Então, não é maravilhoso saber dessa verdade? Além de Jesus não ter nos deixados órfãos, nos deu o Consolador. Aquele que nos ajuda em nossas fraquezas. Quando o caminho se torna exaustivo, quando não temos mais forças para continuar. Quando, nem mesmo, temos palavras para orar. Porém, temos o Espírito Santo que nos ajuda. Que nos consola e que ora por nós.

Além disso, Ele não intercede de qualquer jeito. Se for preciso, até mesmo, intercede com gemidos. Nossa vida seria um tanto mais leve se observássemos essa realidade. Se nos colocássemos na posição de total dependência do Espírito santo. Muitas vezes, nos cansamos até a exaustão, porque tentamos lutar com nossas próprias forças. E somos esmagados pelos problemas. Pela luta contra o pecado. Pela vida.

É o Espírito que libera sobre nós a graça necessária para passarmos por qualquer tipo de luta nesta terra. Acima de tudo, não é pela nossa força, nem mesmo pelo nosso poder. Nós somos dependentes d’Ele e podemos experimentar consolo em meio às crises. Força e fé em meio aos desafios. Todo socorro vem d’Ele!

O Espírito dá Testemunho de Jesus

“Quando, porém, vier o Consolador, que eu vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da verdade, que dele procede, esse dará testemunho de mim.” João 16.26

O Espírito é que confirma a realidade de Jesus em nossos corações. Portanto, Ele é que nos faz ver a verdade sobre a Bíblia. Nos confirma a salvação e que somos amados pelo Pai. Que Jesus morreu pelos nossos pecados. Que todas as coisas foram criadas pelo poder da Palavra. Certamente, Ele convence o mundo do pecado, da justiça e do juízo. E todos os que são guiados por pelo Espírito são filhos de Deus.  

“Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus.” Romanos 8.14

Ele vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar

Assim como os discípulos, nós também, não fomos deixados sós. Jesus nos deixou o Consolador. E há uma promessa tão gentil e amorosa sobre nós, filhos. O Espírito não apenas nos consola, mas nos ensina todas as coisas. Você deseja conhecer mais o Espírito Santo? De Seus atributos e como ele age? Você deseja conhecer tudo com Ele? Ele quer nos ensinar. Eu quero aprender, e você?

“mas o Consolador, o Espírito Santo, a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo o que vos tenho dito.” João 14.26

Nayla Cintra

Nascida em Mato Grosso, Nayla é missionária em tempo integral desde 2011, tendo já servido durante 4 anos na JOCUM (Jovens Com Uma Missão) e quase 2 anos como missionária intercessora no FHOP (Florianópolis House of Prayer). Nayla carrega um coração para pessoas em situação de vulnerabilidade social, ama o mundo artístico e criativo, é apaixonada por missões, mas tem como maior desejo ver o nome de Jesus sendo conhecido entre todos os povos e tribos da Terra.

Deixe uma resposta

×

Carrinho