Não clama porventura a sabedoria, e a inteligência não faz ouvir a sua voz? No cume das alturas, junto ao caminho, nas encruzilhadas das veredas se posta.” Pv. 8:1,2

Sabedoria é diferente de inteligência. Amo o livro de provérbios, meu capítulo preferido é o oito. Já meditei nesses primeiros versos algumas vezes e já clamei pela sabedoria em minhas encruzilhadas.

Encruzilhadas são aqueles lugares onde qualquer direção: norte, sul, leste ou oeste, estão disponíveis. Certamente os momentos em que estamos mais perdidos diante das circunstâncias e possibilidades, são aqueles em que todas as opções parecem viáveis. É exatamente nesse lugar que a bíblia diz que a sabedoria se encontra.

A imagem que vejo deste texto é de um Deus literalmente assentado nos entroncamentos. Ele nos observa e espera pacientemente por nosso pedido de socorro. Aliás, um gesto nosso em Sua direção é suficiente, para que Ele aponte a escolha correta que nos conduzirá com mais rapidez ao nosso destino.

Usamos com frequência, no trânsito, o GPS para nos direcionar. O Espírito Santo é uma espécie de GPS, já que recalcula nossas rotas. Já recalculou as minhas inúmeras vezes. O aprendizado pressupõe o erro. Por isso, não conclua que fará o trajeto sem desvios ou retornos. A sabedoria, porém, está à nossa disposição.

Certamente ser sábio incluirá lidar com naturalidade quando erramos. Pedir perdão e renovar a mente é igualmente necessário. Eventualmente precisaremos desaprender para reaprender. O verso 10 fala: “…aceitai a minha correção, e não a prata; e o conhecimento, mais do que o ouro fino escolhido.” Portanto, aceitar a correção é ser sábio. Inegavelmente, só admite a correção quem reconhece o erro.

O verso 12 nos diz que a sabedoria habita com a prudência. Afinal a sensatez é característica de sábios. A sabedoria nos poupará de dar algumas voltas a mais no deserto. Servimos a um Deus que tem prazer em nos atender. Ele ama aos que o amam (v. 17).

Quando inclinamos voluntariamente nossos ouvidos em Sua direção, Ele nos instrui. Nos ensina a escolher corretamente. Seja qual for a estação de sua vida, saiba que a sabedoria está à sua disposição. Não desperdice a oportunidade de acessá-la. Corrija os rumos de sua jornada com seus conselhos.

Mas a sabedoria que vem do alto é, primeiramente pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisia.” Tg 3:17

Grace

Grace Wasem, gaúcha, atuou como secretária no mercado de trabalho por 30 anos. Em 2016 vinculou-se ao FHOP como missionária tempo integral. Sonha ver e contribuir para o treinamento de uma noiva apaixonada que clama: Maranatha!
×
×

Carrinho

Fechar