FHOP

A Fé é a Habilidade de Contar Estrelas Invisíveis

Relacionamento

 

Sempre quando ouvimos falar sobre , nossos corações são direcionados a pensar em coisas grandes. Coisas que gostaríamos de alcançar, mas parecem difíceis demais.

Textos como Hebreus 11, onde a fé é definida e os heróis da fé são citados com maestria, enchem nossos corações de esperança trazendo a realidade de que é possível para homens comuns, como eu e você alcançar um lugar de manifestar e viver o sobrenatural de Deus.

É tão curioso que algo tão maravilhoso como a fé é comparado, em seu ponto inicial, com uma das menores sementes da criação: Um grão de mostarda, que ao ser cultivada se tornará uma das mais frondosas plantas.

“Pois em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e ele passará. Nada vos será impossível” (Mt 17.20).

    Nossa capacidade de crer pode ser realmente pequena. Algo embrionário como uma semente, mas se aplicarmos o coração em exercitá-la veremos as maravilhas de Deus tocarem os montes mais elevados e difíceis de serem removidos!

Quando embarcamos nos “mares da fé” descobrimos uma força absurda que nos move e nos permite ver além de nossas limitações, além dos galhos secos que tentam ocultar as verdades do Senhor.

Vejamos Abraão, o Pai da fé, a forma como mesmo em meio aos seus medos e falhas o Senhor enxergou as verdades de Seu coração. Como mesmo em meio à dúvidas e descrença nasceu dele uma das mais belas virtudes:  a capacidade de crer, de alcançar a realidade celestial por meio de um coração apoiado nas palavras do Criador.

Vamos pensar em Gênesis 15:

Então o levou fora, e disse: Olha agora para os céus, e conta as estrelas, se as podes contar. E disse-lhe: Assim será a tua descendência.E creu ele no Senhor, e imputou-lhe isto por justiça”. Gênesis 15:5-6

Deus falou para um homem até então sem filhos e naturalmente impossibilidade de procriar que sua descendência seria tão grande como as estrelas no céu. Mas que estrelas?

Será que já prestamos atenção em que momento do dia o  Senhor pediu para Abraão que contasse as estrelas?

Veja comigo a cena posterior deste capítulo:

“E pondo-se o sol, um profundo sono caiu sobre Abrão; e eis que grande espanto e grande escuridão caiu sobre ele”. Gênesis 15:12

    Se a cena seguinte menciona o pôr do Sol, podemos concluir logicamente que o momento do dia em que Abraão foi convidado a “contar estrelas” fora durante a tarde. Você consegue imaginar alguma estrela visível no céu neste período do dia?

Certamente não, pois isto seria racionalmente impossível.  Se não fosse a fé de um homem obediente à voz do Seu Senhor. Se não fosse por um coração marcado e movido pelas ondas de fé, que nos ensina a simplicidade de caminhar pelo sobrenatural.

UAU! Depois que compreendi esta passagem entendi porque justiça foi imputada a Abraão. Entendi o que significa que a fé não depende do que vemos, mas de nossa capacidade de enxergar além dos sentidos naturais.

A realmente é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem” .Hebreus 11:1. É a certeza de que no céu eu verei estrelas, mesmo que aos olhos naturais elas não estejam lá.

É um conforto esperançoso de que existe um Sol prestes a romper, ainda que eu não possa ver as sombras do dia.

Precisamos deixar que a pequena semente de mostarda cresça. Como algo que nos permite fluir e mergulhar sem medo, neste oceano que é a habilidade sobrenatural que nos permitirá contar estrelas invisíveis. Para isso, basta dizermos sim ao Espírito Santo, que é o principal interessado em regar essa semente e nos conduzir às verdades de Cristo!

 

Escrito por Julia Carniel

Nascida no Rio Grande do Sul, Júlia é missionária intercessora em tempo integral na Florianópolis House of Prayer. Tem perseguido o conhecimento de Jesus a partir das escrituras e do lugar de oração. Acredita que verá essa geração ser impactada pelo amor de Jesus e deseja que Sua beleza seja revelada para todos os povos e nações.

Comentários

comentários

Pin It

» Relacionamento » A Fé é a Habilidade...
Em 14 de novembro de 2016
, ,

Commentários desabilitados.

« »