FHOP

Jejum Dia 15: Uma vida em liberdade

Identidade, Jejum

 

“Você não devia ter tido misericórdia do seu conservo como eu tive de você?” – Mateus 18:33

O versículo de hoje está inserido em uma história poderosa sobre perdão (Mateus 18:23-35). O servo que recebeu o perdão de seu senhor se recusou a liberar o perdão da dívida de quem estava lhe devendo.

Falar sobre romper é falar também sobre perdão. Aliás, não é possível vivermos um romper se estivermos presos à pessoas que nos feriram. O perdão é um assunto que não podemos esquecer em nossa vida. Todos nós fomos machucados de diversas formas, mas é o que fazemos após isso que conduz o caminho que seguiremos.

Independente da marca e trauma que te causaram, seja na infância ou até hoje, você precisa liberar perdão para que possa caminhar em liberdade total e romper para o destino que Deus tem pra você. Liberar perdão é um desafio, mas começa com uma atitude do nosso coração e não de nossas emoções. Muitas vezes, teremos que perdoar muitas e muitas vezes até que nos sintamos que estamos verdadeiramente livres.

Não podemos ser uma geração que vive liberdade de forma rasa. Precisamos deixar que o Espírito Santo lidere nossa vida por completo, inclusive em áreas que um dia nos causaram tanta dor. O jejum não é uma forma de nos esquivarmos do perdão. Não é um substituto. Mesmo jejuando precisamos obedecer o que o Senhor nos diz.

Se você colocar os seus olhos no seu agressor ou na sua ferida, jamais poderá desfrutar em abundância das bençãos de Deus. Quando não liberamos perdão estamos com uma carta de dívida em nossas mãos e dentro do nosso coração há um desejo por vingança. Se abra hoje para liberar e destravar as benção de Deus. Talvez a pessoa que você mais precisa perdoar é a você mesmo. Te encorajamos a tirar um tempo para meditar no versículo em destaque e a fazer uma lista com os nomes dos seus agressores. Passe tempo conversando com Deus sobre essas feridas e declare o perdão para cada pessoa.

Senhor, muitas vezes o nosso coração está tão preso em nossas feridas que não conseguimos enxergar a vida plena que você tem pra nós. Nos faça romper verdadeiramente. Lembre-nos de seu perdão sobre nós. Ele te custou algo, então o faremos valer à pena. Nós liberamos nossos agressores e a nós mesmos. Revele-nos seu perdão e seu amor. Em nome de Jesus, amém!

Escrito por Daniela Teles

Dani, originalmente de São Paulo, é missionária intercessora em tempo integral na Florianópolis House of Prayer. Uma mulher que busca o coração de Deus e que tem o desejo de ver uma geração inteiramente comprometida com Jesus, andando no poder do Espírito e em paixão pela Bíblia.

Comentários

comentários

Pin It

» Identidade, Jejum » Jejum Dia 15: Uma vida...
Em 18 de abril de 2016

Commentários desabilitados.

« »