Há um tempo atrás eu estava pensando sobre alguns tópicos de coaching como otimização de tempo e produtividade e, meditando nas Escrituras pude perceber uma verdade. O homem foi feito para ser produtivo.

Sabe aquela sensação de estar desperdiçando seu tempo em algo que não vale a pena? E que tal aquele sentimento de não estar conseguindo dar os frutos desejados? Eu sei, é horrível! E nos sentimos mal exatamente porque o próprio Criador nos fez com um propósito produtivo. Ele disse: “Sejam férteis, multipliquem-se, encham, subjuguem a terra, dominem sobre os demais seres da terra.” (Gn 1:28) E o que dizer do chamado para cultivar e guardar um solo numa terra onde o próprio Deus descia e falava ao homem (Gn 2:15)?! Sem dúvidas, você foi criado e abençoado por Ele para trabalhar, ser produtivo e frutificar nele.

Frutos maiores virão

No entanto, em João 15 Jesus declarou ser a videira verdadeira. Aquele em quem nós, seus discípulos, devemos permanecer. E que assim como um ramo é podado para frutificar, esses processos seriam naturais em nossas vidas. É importante entender que passamos por estações e processos de Deus em nossas vidas. Paciência e confiança em Deus são essências para atravessar essas estações.

1 Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. ​2 Todo ramo que, estando em mim, não der fruto, ele o corta; e todo o que dá fruto limpa, para que produza mais fruto ainda. (Jo 15:1-2)

O processo de podar e limpar o galho é bem comum na agricultura. Na verdade, o agricultor vê o potencial do ramo e o poda para elevar o seu potencial de frutificar. Os processos de Deus em nossas vidas sempre sinalizam que chegará um tempo onde frutos maiores virão! 

7 ​Bendito o homem que confia no SENHOR e cuja esperança é o SENHOR. ​8 Porque ele é como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro e não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e, no ano de sequidão, não se perturba, nem deixa de dar fruto. (Jr 17:7-8)

A árvore de Jeremias 17:7-8 não fica ansiosa com as estações e as circunstâncias. Pois ela confia e tem sua esperança no Senhor.

Devemos permanecer na videira

9 Como o Pai me amou, assim eu os amei; permaneçam no meu amor. (Jo 15:9)

O próprio Jesus nos convida a permanecer no mesmo amor com que o Pai o amaO amor é a chave dos frutosVerdadeiros frutos são dados em amor. Frutos que glorificam o Pai e que permanecem. É um amor que nos atinge todos os dias e está ativo agora mesmo em nossas vidas. Precisamos conhecê-lo, digo, precisamos de fato viver sob a realidade do amor de um Deus que é Amor (1Jo 4:8).

17 … e oro para que vocês, arraigados e alicerçados em amor, 18 possam, juntamente com todos os santos, compreender a largura, o comprimento, a altura e a profundidade, 19 e conhecer o amor de Cristo que excede todo conhecimento, para que vocês sejam cheios de toda a plenitude de Deus. (Ef 3:17-19)

E assim é que eu acredito que, nutridos pelo grande amor com que Ele nos amou e tem nos amado, nunca será tão deleitoso frutificar e ser produtivo. Pois fomos criados para sermos homens e mulheres produtivos.

Deixe uma resposta

×
×

Carrinho

Fechar