“…Como filhos obedientes, não vos conformando com as concupiscências que antes havia em vossa ignorância; Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver; Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo”.1 Pedro 1:14-16

Santidade é um valor central que nos conduz às verdades de Cristo. A completa separação que nos ensina que os parâmetros do reino não podem ser conformados ou adequados com a cultura pecaminosa conduzida pela ignorância incompatível com o caráter de Deus.

Uma das definições mais profundas e poderosas que conheço sobre santidade  é : “Santidade, nada mais é que a expressão viva de um coração apaixonado” Farley Labatut.

A verdade é que o nosso amor pelo Senhor está intimamente ligado com o estilo de vida que decidiremos assumir. É justamente o constante fascínio pelo amor de Deus e o fixar de nossos olhos em Jesus que construirão em nosso interior a força necessária para lutar contra as tentações, estabelecendo uma completa disposição para a santificação trazida pelo Espírito.

Não sei quanto a vocês, mas uma das maiores dificuldades que encontrava em minha busca por santificação era de fato desconhecer passos práticos que me levassem à esse processo. Que me ajudassem a vencer os “discursos” e colocar em prática uma vida de devoção que realmente pudesse honrar minha identidade cristã sem que isso se tornasse um legalismo.

Um dos pontos mais libertadores é entender que, até mesmo o processo de sermos aperfeiçoados em santidade é uma produção do Espírito, quando decidimos caminhar por Ele: “Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis”. Romanos 8:13, (1 Pedro 1:22).

Nosso papel consiste em buscar uma obediência plena, com a consciência de quem somos para Deus e o que recebemos dEle a partir da graça. Isso é o que nos levará a romper com o que nos afasta da verdade e perseguir com energia a retidão do Senhor.

Outro ponto essencial, que embora pareça óbvio ou básico demais é: Cultivar a oração. Esse lugar de encontro nos levará não somente a contemplar a Jesus mas a amá-Lo de forma profunda e voluntária, desejando ser como Ele, ter nossa natureza transformada por Aquele a quem contemplamos. “ …contemplamos, como por meio de um espelho, a glória do Senhor, conforme a sua imagem estamos sendo transformados com glória crescente, na mesma imagem que vem do Senhor, que é o Espírito…” 2 Coríntios 3:18.

Somente a paixão viva e profunda pelo Senhor nos levará ao estado de vulnerabilidade necessário para sermos transformados.  O lugar de encontro e a pessoalidade com que nos relacionamos com Cristo é o único e suficiente meio para sermos conduzidos ao caminho de santificação!

Julia Carniel

Nascida no Rio Grande do Sul, Júlia é missionária intercessora em tempo integral na Florianópolis House of Prayer. Tem perseguido o conhecimento de Jesus a partir das escrituras e do lugar de oração. Acredita que verá essa geração ser impactada pelo amor de Jesus e deseja que Sua beleza seja revelada para todos os povos e nações.
Fechar