Todos nós carregamos no peito as marcas do Evangelho e é preciso saber qual é a nossa mensagem? Pare um pouco para pensar em sua trajetória cristã. Todo o caminho percorrido e tudo o que o Senhor tem lhe ensinado. Diga-me: qual tem sido esta mensagem?

As estações podem até mudar, mas o Senhor firma as estacas da Palavra em nossos corações. Através das lutas e desafios, nos ensina Fidelidade e verdadeiro é tudo o que Ele diz. Existe uma alegria indescritível em compreender nosso trabalho e a mensagem que carregamos. É vital para as nossas vidas o entendimento de propósito. Então, se você ainda não encontrou esse “destino” em Cristo, saiba: Ele quer te fazer encontrar. O Senhor te fez único, especial e autêntico. Hoje, quero te convidar a descobrir este caminho de contentamento.

Oswald Chambers afirma que: “A alegria está no perfeito cumprimento do propósito para qual fui criado e regenerado, e não no êxito em meu desempenho do trabalho. A alegria do Senhor Jesus consistia em fazer a obra  que o Pai o enviara a realizar, e Ele diz: “ Assim como o Pai me enviou, eu também vos envio.”

Isto significa que podemos ser “parceiros” do Senhor e isso é uma grande honra. Sim, nós temos sido enviados.

Mas saiba, não encontraremos nosso propósito distante de um relacionamento com o Deus que nos ama. Podemos até tentar realizar a obra de Deus pelo nosso braço e força, mas não seremos frutíferos. Nossas obras serão provadas, e a pergunta que não quer calar é: ela será aprovada?

Amo uma frase dita pelo fundador da Jovens Com Uma Missão (JOCUM) no Brasil, Jim Stier afirma: “Toda obediência tem que ser celebrada”. E isso, de fato, é muito verdadeiro. Nós temos a mania da comparação, entre pessoas e pessoas, obras e obras, realizações e realizações. Isso pode destruir nosso chamado e o contentamento que temos em Cristo. O importante é obedecermos o nosso Salvador. O Pai nos chama a olharmos para Ele e, assim como Jesus, exercer obediência em tudo o que Ele nos direcionar. Aprendemos todas essas coisas através de um estilo de vida de adorador. Estudando a Palavra e mantendo uma vida de oração.

“Porque eu desci do céu, não para fazer a minha própria vontade, e sim a vontade daquele que me enviou.”  João 6 36

“Disse-lhe Jesus: A minha comida consiste em fazer a vontade daquele que me enviou e realizar a sua obra.” João 4.34

Comida nos remete a prazer mas, também, a um ato de sobrevivência. Não podemos viver sem nos alimentarmos, não podemos viver sem pão. E, quando nos assentamos à mesa para matar a fome, experimentamos sermos  saciados, supridos e amados.

Em Apocalipse, há uma linda descrição do desejo de Jesus de cear conosco. Você quer se assentar à mesa com Ele? Essa é a chave para entender seu papel aqui nesta terra e descobrir sua mensagem. Este é o maior segredo para provar contentamento.

“Eis que estou à porta e bato: se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele comigo.” Apocalipse 3.20

 

Nayla Cintra

Nascida em Mato Grosso, Nayla é missionária em tempo integral desde 2011, tendo já servido durante 4 anos na JOCUM (Jovens Com Uma Missão) e quase 2 anos como missionária intercessora no FHOP (Florianópolis House of Prayer). Atualmente dedica uma parte do seu tempo para ensinar artes para crianças em uma ONG em Florianópolis e outra parte do tempo para trabalhar com justiça social, com foco em tráfico humano. Nayla carrega um coração para pessoas em situação de vulnerabilidade social, ama o mundo artístico e criativo, é apaixonada por missões, mas tem como maior desejo ver o nome de Jesus sendo conhecido entre todos os povos e tribos da Terra.

Deixe uma resposta

×
×

Carrinho

Fechar