FHOP

Vida de Oração: Orações positivas e a perspectiva de Deus

Oração

 

Como afirma o nosso título, hoje falaremos sobre orações positivas e a perspectiva de Deus para esse tema. O que a Bíblia diz sobre esse assunto? Como oravam os profetas e os heróis Bíblicos? E ainda, como Jesus nos ensinou a orar? Nós não elencaremos todas as respostas neste texto. Mas meu desejo é que essas perguntas aticem a nossa curiosidade santa e nos faça refletir em como podemos ter uma vida de oração centrada em Deus e nos princípios estabelecidos em sua palavra. É preciso nos lembrarmos que a oração não tem que ser algo penoso e sofrível. Oração poderá ser agradável e prazerosa.

“Também os levarei ao meu santo monte, e os alegrarei na minha casa de oração; os seus holocaustos e os seus sacrifícios serão aceitos no meu altar; porque a minha casa será chamada casa de oração para todos os povos.” Isaías 56.7

Quando nós paramos para estudar as orações contidas no Novo Testamento podemos observar que elas eram feitas de forma positiva. Você poderá estar se perguntando, mas como assim, o que significa isso? Calma, eu explico. Essas orações estavam sobre tudo focadas em gratidão, amor, fé e um liberar da graça de Deus, ao invés de focar em observações negativas como por exemplo, pecados e demônios.

Não estou dizendo aqui que Deus não ouviu ou não ouvirá as orações feitas em outros “modelos”. Mas existe algo prático que quero te convidar a experimentar. E a proposta é que você não faça isso de forma mecânica ou na sua própria força. Mas que você possa pedir que o Espírito Santo te ensine esse modelo Bíblico da linguagem do coração de Deus.

Nas orações negativas geralmente focamos o pecado e isso poderá resultar em pré-julgamento e sentenças errôneas quanto aos nossos irmãos e as causas de nossas petições. Podemos nos tornar como os acusadores da mulher pega em adultério, com pedras nas mãos e muita justiça própria. Podemos nos tornar juízes injustos. Geralmente esse tipo de oração gera um clima pesado e até certo desconforto mesmo não sendo esse o desejo do nosso coração.

Quando focamos em orações positivas, isto é: no caráter de Deus, em gratidão, amor, fé, esperança, no liberar de vitória e fluir da graça do Senhor; todo o ambiente se tornará inundado pela presença de Deus. Pelo fluir de sua graça e da paz que Ele nos dá mesmo em tempos de guerra. Essa paz interna virá porque seu amor e bondade nos envolve e somos tomados por fé e esperança. Nossas orações se tornarão focadas em Deus, em quem Ele É e na certeza de que tudo Ele poderá realizar.

Nossa perspectiva muda, orações superficiais e simplistas se tornam profundas porque o próprio Deus começa a desvendar os seus mistérios e nos deixa sentir o que Ele mesmo sente pelas causas que estamos orando. E esse tipo de experiência é incrível. Por isso Jesus nos ensinou a orar pelos nossos inimigos. Por isso, na cruz Jesus orou: “Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem.” (Lucas 23.34). Pois Jesus conhecia o Pai e fazia tudo segundo a Sua vontade.

“… Oro para que a riqueza de sua glória, vos conceda que sejais fortalecidos com poder pelo Seu Espírito no homem interior, para que Cristo habite pela fé nos vossos corações. E oro para que, estando arraigados e fundados em amor, possais perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, a altura, e a profundidade, e conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais cheio de toda a plenitude de Deus.” Efésios 3.16-19

Essa é uma oração feita pelo Apóstolo Paulo, e ainda falaremos muito a respeito de orações Apostólicas em textos posteriores. Mas este é um modelo de oração positiva que nós poderemos seguir. Pois ela terá os aspectos que delineamos, está focada em Deus e no que Ele pode fazer em nós por meio do Seu amor. E para você? Qual é a sua perspectiva?

Escrito por Nayla Cintra

Nascida em Mato Grosso, Nayla é missionária em tempo integral desde 2011, tendo já servido durante 4 anos na JOCUM (Jovens Com Uma Missão) e quase 2 anos como missionária intercessora no FHOP (Florianópolis House of Prayer). Atualmente dedica uma parte do seu tempo para ensinar artes para crianças em uma ONG em Florianópolis e outra parte do tempo para trabalhar com justiça social, com foco em tráfico humano. Nayla carrega um coração para pessoas em situação de vulnerabilidade social, ama o mundo artístico e criativo, é apaixonada por missões, mas tem como maior desejo ver o nome de Jesus sendo conhecido entre todos os povos e tribos da Terra.

Comentários

comentários

Pin It

» Oração » Vida de Oração: Orações positivas...
Em 10 de outubro de 2017
, , ,

Commentários desabilitados.

« »