Você já parou para pensar que, às vezes, podemos rejeitar aquele que Deus ama? Isso pode acontecer sem notarmos ou mesmo de forma sutil . Mas hoje, quero te convidar a olhar mais de perto para algumas situações da vida.

Isaías 58 nos descreve qual o tipo de jejum que agrada o coração de Deus. E todas aquelas palavras estão relacionadas com a forma como tratamos aqueles que estão ao nosso redor, principalmente o homem que se encontra em algum tipo de vulnerabilidade, seja ela social ou espiritual. Deus é aquele que pega o homem fraco e o faz assentar-se no meio dos príncipes do seu povo. Deus é aquele que toma o homem sem esperança e derrama luz sobre suas trevas, e faz dele homem livre.

“Ele ergue do pó o desvalido, e do monturo, o necessitado, para o assentar ao lado dos príncipes, sim, com os príncipes do seu povo.” Salmo 113.7-8

Quando olho para o mundo e todos os problemas que existem por aí, são tantas histórias, tantas tragédias, que até mesmo podemos perder a esperança, mas ao olharmos para Jesus nosso coração vê uma luz e só o que nos resta a fazer é amar como Ele ama, é entregar nossa vida como Jesus se entregou na cruz.

Quero deixar algo claro: Nós não somos chamados para “mudarmos” o mundo. Mas somos chamados a iluminar a terra com a luz de Cristo. E essa luz precisa brilhar de dentro para fora. Do nosso interior fluirão rios de águas vivas e tem muita gente com sede por aí.

Se apenas tentarmos lutar contra as injustiças podemos desfalecer diante de tanta maldade da humanidade caída. Mas se entendermos o nosso papel e tudo o que Deus tem nos convidado a viver, nós andaremos na lei do amor, e Cristo encherá o nosso coração de graça e misericórdia porque Ele é o Deus que sente compaixão. Porque Deus ama.

Jesus se importa com o menor abandonado, Ele se importa com o morador de rua, Ele se importa com o trabalho escravo, Ele se importa com o abuso infantil, Ele se importa com a pobreza e Ele nos convida a olharmos para isso sendo desafiados a orar e agir. Ele quer nos dar ideias, Ele quer gerar empregos, Ele quer multiplicar o pão, Ele quer alimentar a multidão.

Então, hoje quando você estiver caminhando pelas ruas da cidade, pergunte ao Senhor o que Ele sente! O que Ele pensa sobre aqueles que cruzam o seu caminho e como você pode ser um príncipe que se assenta ao lado do homem a quem Deus quer levantar e muito honrar! Que grande privilégio temos de olhar pelos olhos de Deus e ver aquilo que Ele quer fazer e participar desse processo na vida de muitos irmãos. Deus ama, então também quero aprender a amar, e você?

“se abrires a tua alma ao faminto e fartares a alma aflita, então, a tua luz nascerá nas trevas, e a tua escuridão será como como o meio dia.” Isaías 58.10

Nayla Cintra

Nascida em Mato Grosso, Nayla é missionária em tempo integral desde 2011, tendo já servido durante 4 anos na JOCUM (Jovens Com Uma Missão) e quase 2 anos como missionária intercessora no FHOP (Florianópolis House of Prayer). Nayla carrega um coração para pessoas em situação de vulnerabilidade social, ama o mundo artístico e criativo, é apaixonada por missões, mas tem como maior desejo ver o nome de Jesus sendo conhecido entre todos os povos e tribos da Terra.

Deixe uma resposta

×
×

Carrinho

Fechar