Uma das coisas mais incríveis com relação a fé é quando Deus nos responde e encontramos o amor. Já ouvimos falar que às vezes Ele diz sim, às vezes Ele diz não e outras vezes, espere. Mas, a verdade é que o evangelho e o nosso relacionamento com Deus podem ser muito mais profundo e menos monossilábico. Pois o Senhor quer nos ensinar a andar como Ele mesmo andou.

Deus conhece tudo sobre nós, planejou cada detalhe ao nos criar. Nos viu em substância ainda informe. Ele nos chama para o seio do seu amor por meio de seu sacrifício de cruz. Estará conosco para sempre, até o fim. Ele não se esconde de nós, mas se revela através de sua Palavra que é Viva. Mesmo pelas circunstâncias é possível conhecê-lo e experimentar tal amor.

Talvez muitos de nós nos sintamos fora de lugar e confusos ao perceber nossas falhas. Quem nunca tentou fugir ou se “esconder” do Senhor quando se julgou fracassado, pobre, cego e nu? Geralmente é isso que nos ocorre, fugir para bem longe. Mas como fugiríamos do próprio Criador?

É preciso aprender que fugir não é a melhor resposta, não é uma opção válida e nem mesmo coerente com o amor que Ele nos tem. Tudo o que precisamos é correr para os braços do nosso Salvador Jesus Cristo e deixar que Ele nos molde. Ele é o Oleiro, aquele que dá forma ao barro, que transforma o nosso coração nos fazendo novas criaturas.

“Desci à casado oleiro, e eis que ele estava entregue à sua obra sobre as rodas. Como o vaso que o oleiro de barro se lhe estragou na mão, tornou a fazer dele outro vaso, segundo bem lhe pareceu. Então, veio a mim a palavra do Senhor: Não poderei fazer eu de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? – Diz o Senhor, eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó casa de Israel.” Jeremias 18.3-6

Olhemos agora para o caráter de Deus. Deus é amor. A essência de tudo o que Ele faz tem a ver com essa faceta do seu Ser. Ele não tem amor, Ele É Amor! Será que conseguimos perceber a motivação do agir de Deus em nossas vidas e circunstâncias? Nunca falta o amor a Deus, e nem mesmo seu amor é dado em medida e nem por motivações egoístas. Pois o próprio Deus que é amor nos concede a graça de conhecê-lo, e por isso Ele responde as nossas orações e assim, nós sabemos ser Ele real.

“Eu amo os que me amam; os que me procuram me acham.” Provérbios 8.17

Essa é uma promessa que pode aquecer nosso coração e nos encher de esperança nos momentos desafiadores que podemos passar em um mundo de trevas. Mas, lembre-se que a luz brilhará sobre nós. Ele resplandecerá sobre nós o rosto nos garantido sua paz. Jesus morreu para nos dar uma vida abundante e isso significa abastecimento para passarmos por todas as provas que a vida nos dá. Ele transbordará nosso coração de alegria.  

Que promessa linda de podermos encontrá-Lo. Encontrar a sabedoria para vivermos de modo digno do nosso chamamento. Encontrá-lo quando o buscarmos de todo o nosso coração. Encontrá-Lo o ano todo e em todo tempo. Eu quero o abrigo do amor profundo de Jesus, e você?

Nayla Cintra

Nascida em Mato Grosso, Nayla é missionária em tempo integral desde 2011, tendo já servido durante 4 anos na JOCUM (Jovens Com Uma Missão) e quase 2 anos como missionária intercessora no FHOP (Florianópolis House of Prayer). Atualmente dedica uma parte do seu tempo para ensinar artes para crianças em uma ONG em Florianópolis e outra parte do tempo para trabalhar com justiça social, com foco em tráfico humano. Nayla carrega um coração para pessoas em situação de vulnerabilidade social, ama o mundo artístico e criativo, é apaixonada por missões, mas tem como maior desejo ver o nome de Jesus sendo conhecido entre todos os povos e tribos da Terra.
×
×

Carrinho

Fechar